Terapeuta da Fala em contexto educativo

Atualizado em 31 de julho de 2016

Os Terapeutas da Fala são profissionais responsáveis pela prevenção, avaliação e tratamento das perturbações da comunicação humana: compreensão e expressão da linguagem oral e escrita e também, da comunicação não-verbal (Decreto-Lei nº 564/99 de 21 de Dezembro). São também áreas de atuação a fluência do discurso e a deglutição. Assim, intervém junto de crianças, adolescentes, adultos e idosos, procurando desenvolver o estudo científico da comunicação humana e perturbações associadas.
No contexto das EREBAS, os terapeutas da fala integram as equipas educativas desde a frequência bilingue precoce até ao 3º Ciclo, tendo por base uma abordagem interdisciplinar, em que há uma articulação próxima de conhecimentos e saberes junto dos Formadores de LGP, Docentes do ensino regular e de educação especial e dos Intérpretes de LGP, havendo ainda a colaboração de outros elementos da comunidade educativa. Simultaneamente, é desenvolvido um trabalho de parceria com a equipa que acompanha a criança a nível clínico, nomeadamente com o Audiologista e médico ORL.
Sempre que possível, desenvolvem-se estratégias e dinâmicas no sentido de uma abordagem centrada na família com o objetivo de: estabelecer códigos comuns de comunicação, promover momentos de formação e de informação, estabelecer relação de cooperação e de ajuda mútua de forma a promover competências parentais, dar consistência e continuidade das práticas educativas e o desenvolvimento linguístico e da literacia da criança com surdez.
No contexto do ensino bilingue do Português L2 realça-se o papel dos Terapeutas da Fala na promoção de competências de comunicação funcional junto dos alunos utilizadores de LGP como primeira língua integrados nas turmas bilingues, para os quais a visão é o canal preferencial de acesso à leitura de fala.
Existe também uma grande parte de alunos com surdez neste agrupamento integrados em turmas de ensino regular, em que os Terapeutas da Fala contribuem para o domínio do português oral como primeira língua, potenciando as suas competências auditivas. Em ambos os grupos de alunos se procura desenvolver o maior domínio da linguagem oral e escrita, indo ao encontro das capacidades, competências e necessidades específicas de cada um.
Como reflexo da necessidade sentida e reconhecida do papel essencial destes profissionais neste contexto educativo, a integração de terapeutas da fala nas equipas da EREBAS tem sido crescente ao longo dos anos, contando-se atualmente com 7 terapeutas da fala neste Agrupamento de Escolas.

Texto elaborado pelos terapeutas da fala: Bruno Coimbra, Carolina Ribeiro, Fátima Silva, Isabel Dias, Joana Santos, Marta Miranda e Susana Capitão
Intérpretes de LGP: Sara Pinho, Sara Sousa
Imagem: Carlos Pinto
Edição: Carlos Afonso
Produzido e realizado na Escola Básica Eugénio de Andrade
© REDES/2013


Terapeuta da Fala em contexto da EREBAS

Comunicação sobre o papel do terapeuta da fala no contexto das EREBAS, efetuada por Bruno Coimbra e Susana Capitão, no Encontro "Educação de Surdos: Passado, Presente e Futuro", realizado em 11 e 12 de julho de 2012, no Auditório Horácio Marçal.


Ajudas auditivas para alunos Surdos


As terapeutas da fala Joana Santos, Marta Miranda e Susana Capitão apresentaram uma comunicação sobre esta temática, no dia 16 de janeiro de 2013, na reunião da EREBAS da Escola Básica Eugénio de Andrade.
A comunicação foi ilustrada com um vídeo onde alguns alunos surdos do Agrupamento exprimiam a sua opinião sobre a utilização de ajudas auditivas.


"Educação e Saúde na Surdez: um projeto de futuro"


O Projeto “Educação e Saúde na Surdez: Projeto de Futuro” está a decorrer desde o ano letivo de 2013/14 e é da responsabilidade do grupo de Terapeutas da Fala (Bruno Coimbra, Carolina Ribeiro, Fátima Silva, Isabel Dias, Joana Santos, Marta Miranda, Renata Santos, Susana Capitão), em colaboração com a Direção do Agrupamento e a Coordenação do Departamento de Educação Especial. Saber mais...


Recursos produzidos nas sessões de Terapia da Fala

Publicado em 15 de abril de 2016


Veja alguns recursos específicos para o 1º ciclo, 2º e 3º ciclos, construídos pelo grupo de terapeutas da fala das EREBAS do Agrupamento, em conjunto com as crianças e jovens apoiados.


Representações sociais dos terapeutas da fala

Atualizado em 20 de março de 2017


Vários testemunhos sobre o trabalho e o papel dos terapeutas da fala no contexto educativo.