Terapeuta da Fala em contexto educativo

Atualizado em 11 de junho de 2019

Os Terapeutas da Fala são profissionais responsáveis pela prevenção, avaliação e tratamento das perturbações da comunicação humana: compreensão e expressão da linguagem oral e escrita e também, da comunicação não-verbal (Decreto-Lei nº 564/99 de 21 de Dezembro). São também áreas de atuação a fluência do discurso e a deglutição. Assim, intervém junto de crianças, adolescentes, adultos e idosos, procurando desenvolver o estudo científico da comunicação humana e perturbações associadas.
No contexto das EREBAS, os terapeutas da fala integram as equipas educativas desde a frequência bilingue precoce até ao 3º Ciclo, tendo por base uma abordagem interdisciplinar, em que há uma articulação próxima de conhecimentos e saberes junto dos Formadores de LGP, Docentes do ensino regular e de educação especial e dos Intérpretes de LGP, havendo ainda a colaboração de outros elementos da comunidade educativa. Simultaneamente, é desenvolvido um trabalho de parceria com a equipa que acompanha a criança a nível clínico, nomeadamente com o Audiologista e médico ORL.
Sempre que possível, desenvolvem-se estratégias e dinâmicas no sentido de uma abordagem centrada na família com o objetivo de: estabelecer códigos comuns de comunicação, promover momentos de formação e de informação, estabelecer relação de cooperação e de ajuda mútua de forma a promover competências parentais, dar consistência e continuidade das práticas educativas e o desenvolvimento linguístico e da literacia da criança com surdez.
No contexto do ensino bilingue do Português L2 realça-se o papel dos Terapeutas da Fala na promoção de competências de comunicação funcional junto dos alunos utilizadores de LGP como primeira língua integrados nas turmas bilingues, para os quais a visão é o canal preferencial de acesso à leitura de fala.
Existe também uma grande parte de alunos com surdez neste agrupamento integrados em turmas de ensino regular, em que os Terapeutas da Fala contribuem para o domínio do português oral como primeira língua, potenciando as suas competências auditivas. Em ambos os grupos de alunos se procura desenvolver o maior domínio da linguagem oral e escrita, indo ao encontro das capacidades, competências e necessidades específicas de cada um.
Como reflexo da necessidade sentida e reconhecida do papel essencial destes profissionais neste contexto educativo, a integração de terapeutas da fala nas equipas da EREBAS tem sido crescente ao longo dos anos, contando-se atualmente com 7 terapeutas da fala neste Agrupamento de Escolas.

Texto elaborado pelos terapeutas da fala: Bruno Coimbra, Carolina Ribeiro, Fátima Silva, Isabel Dias, Joana Santos, Marta Miranda e Susana Capitão
Intérpretes de LGP: Sara Pinho, Sara Sousa
Imagem: Carlos Pinto
Edição: Carlos Afonso
Produzido e realizado na Escola Básica Eugénio de Andrade
© REDES/2013


Terapeuta da Fala em contexto da EREBAS

Comunicação sobre o papel do terapeuta da fala no contexto das EREBAS, efetuada por Bruno Coimbra e Susana Capitão, no Encontro "Educação de Surdos: Passado, Presente e Futuro", realizado em 11 e 12 de julho de 2012, no Auditório Horácio Marçal.


Ajudas auditivas para alunos Surdos


As terapeutas da fala Joana Santos, Marta Miranda e Susana Capitão apresentaram uma comunicação sobre esta temática, no dia 16 de janeiro de 2013, na reunião da EREBAS da Escola Básica Eugénio de Andrade.
A comunicação foi ilustrada com um vídeo onde alguns alunos surdos do Agrupamento exprimiam a sua opinião sobre a utilização de ajudas auditivas.


"Educação e Saúde na Surdez: um projeto de futuro"


O Projeto “Educação e Saúde na Surdez: Projeto de Futuro” está a decorrer desde o ano letivo de 2013/14 e é da responsabilidade do grupo de Terapeutas da Fala (Bruno Coimbra, Carolina Ribeiro, Fátima Silva, Isabel Dias, Joana Santos, Marta Miranda, Renata Santos, Susana Capitão), em colaboração com a Direção do Agrupamento e a Coordenação do Departamento de Educação Especial. Saber mais...


Recursos produzidos nas sessões de Terapia da Fala

Publicado em 15 de abril de 2016


Veja alguns recursos específicos construídos pelo grupo de terapeutas da fala das EREBAS do Agrupamento, em conjunto com as crianças e jovens apoiados.


Representações sociais dos terapeutas da fala

Atualizado em 20 de março de 2017


Vários testemunhos sobre o trabalho e o papel dos terapeutas da fala no contexto educativo.


Participação em Congresso

Atualizado em 9 de maio de 2019

Educação e Saúde


A equipa de terapeutas da fala da EREBAS Porto construiu a comunicação intitulada “Educação e Saúde na Surdez”, apresentada no I Congresso Internacional da Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala, que decorreu na Fábrica de Santo Thyrso, organizado pela Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala, nos dias 13, 14 e 15 de maio de 2016. Esta apresentação foi feita tendo como objetivo explanar a conceptualização teórica e a operacionalização dos objetivos por detrás do projeto implementado pelo nosso agrupamento.